As insolvências aumentaram e as constituições de empresas sofreram uma queda, no primeiro trimestre do ano de 2021

Segundo a Iberinform, empresa do grupo Crédito y Caución, houve um aumento substancial de insolvências no primeiro trimestre deste ano.

Até março, 900 empresas declararam a insolvência, o que consubstancia um aumento de 33% relativamente ao mesmo período, no ano passado.

Por outro lado, as declarações de encerramento requeridas por terceiros aumentaram 72% no primeiro trimestre de 2021, situando-se em 369 pedidos e as declarações de insolvência apresentadas pelas próprias empresas também aumentaram em cerca de 7,6% relativamente ao ano passado.

Tal facto, deve-se à conclusão dos processos judiciais de insolvência referentes a anos anteriores e em grande parte, ao período de confinamento no quadro da pandemia de covid-19 no início do presente ano e que, invariavelmente, veio a condicionar a análise destes dados, quando comparados com os registos em período homólogo, dos anos anteriores.

No polo inverso, as constituições de empresas sofreram uma queda de cerca de 17,8% quando comparadas com o primeiro trimestre dos anos transactos, conforme dados analisados pela Iberinform.

15/04/2021

PortuguêsEnglishEspañolFrançaisItaliano
×

Clique no logótipo para conversar no WhatsApp com um colaborador, ou envie um email a partir da nossa página de contactos

×